10 de Novembro – Analisando a Oração sem Resposta

Share

Às vezes nossas orações não são respondidas porque oramos muito vagamente. Quando nossas orações são vagas ou gerais em seu escopo, é difícil experimentar a alegria que acompanha claramente as respostas da oração. Se pedirmos a Deus que “abençoe todos no mundo” ou “perdoe a todos na cidade”, seria difícil ver a oração respondida de forma concreta. Não que seja errado ter um amplo interesse na oração, mas se toda oração for generalizada, nenhuma delas terá aplicação específica e concreta.

Nossas orações também são impedidas se estivermos em guerra com Deus. Se estamos em desarmonia ou em rebelião com Deus, dificilmente podemos esperar que Ele ouça benevolentemente nossas orações. Seu ouvido está inclinado para aqueles que o amam e procuram obedecê-lo. Ele desvia seus ouvidos dos ímpios. Assim, nossa atitude e reverência em relação a Deus é vital para a eficiência de nossas orações.

Ademais, tendemos a ser impacientes. Quando oro por paciência, eu tento pedir isso “agora mesmo!”. Não é incomum que esperamos anos, na verdade décadas, para que nossas petições mais sinceras sejam realizadas. Deus raramente está com pressa. Por outro lado, a nossa fidelidade a Deus depende de sua ação “rápida e cortês”. Se Deus demora, nossa impaciência se rende à frustração.

Também temos memórias curtas e esquecemos facilmente dos benefícios e dádivas que recebemos da mão de Deus. Esta é a marca do apóstata – ele esquece os benefícios de Deus. O verdadeiro cristão se lembra das bênçãos de Deus e não requer uma nova oportunidade para manter sua fé intacta.

Embora Deus tenha acumulado graça sobre a graça, devemos nos regozijar nos benefícios de Deus se nunca recebermos outro benefício dele. Lembre-se do Senhor quando você for a Ele em oração. Ele não lhe dará uma pedra quando você lhe pedir pão.

Na presença de Deus

Reflita sobre estas razões da oração sem resposta para determinar se elas estão afetando a sua vida de oração: orar de forma generalizada, estar em guerra com Deus, ser impaciente e esquecer as bênçãos que você recebeu de Deus.

Passagem para estudo adicional

Isaías 40:29-31

Leonardo Dâmaso
Leonardo Dâmaso
Mineiro, de Divinópolis. Criador e editor-chefe do Reformados 21. Servo de Cristo, músico, compositor, teólogo, escritor, apologista, tradutor e blogueiro. Faço parte da JET - Junta de Educação Teológica do IRSE - Instituto Reformado Santo Evangelho.