10 questões para serem trabalhadas antes de se casar

Share

Algumas pessoas se casam muito cedo. Depois do amor à primeira vista e de um intenso romance, elas planejam rapidamente um casamento, trocam alianças e se estabelecem em um casamento que logo azeda. Muitas dores podem ser evitadas quando problemas são solucionados antes do casamento. O namoro e o noivado são os momentos de se planejar um casamento. Segue, abaixo, uma lista de questões para serem trabalhadas antes do casamento, extraída do trabalho de Jim Newheiser.

Vocês dois estão apaixonados pelo evangelho, e isso está afetando suas vidas? Esta é, obviamente, a questão mais fundamental de todas. Você é cristão ou cristã? O seu futuro marido é um cristão? Você está confessando seus pecados diante de Deus e um ao outro? Você está perdoando e recebendo perdão? Não se case com ninguém até se convencer de que ele ou ela é cristão; não se case com um cristão até que você esteja convencido de que também é um cristão.

Vocês respeitam o caráter um do outro? Convencida de que o seu futuro marido é um cristão, você também pode respeitar o caráter dele? Essa pessoa tem o tipo de caráter que será uma benção para você ao longo do casamento? Estas serão questões de liderança e submissão, bem como questões de família, trabalho, temperamento e muito mais. Em suma, essa pessoa está demonstrando maturidade e que continua amadurecendo?

Vocês têm metas de vida compatíveis? Você e o seu futuro marido têm metas semelhantes para o futuro? Você está empenhada em missões estrangeiras, por exemplo, ou apenas um de vocês? Você está ansiosa para começar uma família, ou apenas um de vocês? Você sabe quantos filhos deseja e quando gostaria de tê-los? E quanto ao nível de compromisso com a igreja local? Não admitam que vocês dois possuem os mesmos objetivos de vida. Conversem!

Como vocês se comportam juntos em um grupo? Embora grande parte da vida conjugal seja vivida em relativo isolamento, boa parte dela também será vivido em comunidade. Por esse motivo, é importante considerar como sua futura esposa se comporta em público e como vocês dois se comportam juntos. Como vocês dois trabalham juntos em público? Ambos estão conhecendo pessoas e fazendo amigos? Um de vocês está satisfeito em estar sozinho e isolado? O seu futuro marido tem amizades íntimas ou muitos de seus ex-amigos ficam isolados?

Vocês têm sido capazes de trabalhar o passado? É raro um casal entrar no casamento sem uma história romântica e sexual (entre si ou com outros), e essas questões podem ser muito difíceis de serem discutidas e resolvidas. Elas podem ser um fardo pesado em um casamento jovem. Você já falou com seu futuro marido sobre sua história sexual em todos os seus detalhes? Você pediu perdão por qualquer história sexual que esteja acumulada? Além disso, seu futuro marido é puro agora ou está satisfeito em consumir pornografia e se masturbar? Certifique-se de trabalhar nas questões de sexualidade.

Vocês são capazes de serem sinceros uns com os outros sobre pecados e falhas? No tempo em que você está noivo, a melhor fase do “namoro” passou e você descobriu muitas falhas e fraquezas de sua futura noiva ou noivo. O estresse do noivado e do planejamento matrimonial garante que você terá algumas boas lutas, e isso lhe dará a oportunidade de ver se e como você pode resolvê-las. Ele ou ela são dispostos a perdoar? Dispostos a pedir perdão? Ou renitentes no pecado? Essa pessoa está começando a ser como Cristo, perdoando aqueles que pecam contra ele ou ela?

Vocês podem se amar e se aceitarem como são? Algumas pessoas entram no casamento com a ideia de que o marido é uma pessoa que precisa ser bastante modificada. Embora esse seja o caso, padrões antigos morrem com força. Enquanto você, é claro, espera que Deus continue com esse trabalho de graça, o fato é que pode não haver tanta mudança quanto você gostaria. Não espere que o seu marido algum dia seja uma pessoa completamente diferente (e melhor).

Por que vocês querem se casar? Os casais nem sempre buscam o casamento pelo melhor dos motivos. Às vezes, as razões não são mais profundas do que a atração física. Às vezes, é um desejo excessivo de companheirismo. Às vezes, estão se sentindo culpados pelo envolvimento sexual. Não importa o que seja, os casais devem ser claros sobre o porquê eles querem se casar. Certifique-se de priorizar o caráter piedoso sobre olhares, amizade e outras coisas.

Quais são as suas expectativas de casamento? Você provavelmente já ouviu falar que uma mulher se casou esperando que o seu marido mude, enquanto um homem se casou esperando que sua esposa nunca mude. O fato é que, de certa forma, ambos os parceiros mudarão, e, provavelmente, não irão mudar. Você está preparado para permanecer a longo prazo com seu futuro cônjuge  como ele ou ela é agora? Você está disposto a suportar todos os tipos de julgamentos com essa pessoa ao seu lado?

Você conhece bem o seu futuro cônjuge e a si mesmo? Você se conhece? Você conhece o seu futuro marido? Um pouco de aconselhamento e planejamento antes do casamento pode ser muito esclarecedor. Antes de se casar, solicite que o pastor de vocês ou um casal idoso de bom testemunho passem algum tempo com vocês, formalmente ou informalmente. Aborde essas questões com outras pessoas também. Um pouco de conhecimento é muito proveitoso.

 

 

Autor: Tim Challies

Fonte: Challies

Tradução: Leonardo Dâmaso

Divulgação: Reformados 21

 

 

Reformados 21. Todos os direitos reservados. Você está autorizado a compartilhar os artigos deste site para republicações, desde que informe o autor, tradutor (quando houver) e as fontes principais e intermediárias, inclusive o Reformados 21. Não é permitido a alteração do conteúdo original e a utilização para fins comerciais.

Leonardo Dâmaso
Leonardo Dâmaso

Mineiro, de Divinópolis. Criador e editor-chefe do Reformados 21. Servo de Cristo, músico, compositor, teólogo, escritor, apologista, tradutor e blogueiro. Faço parte da JET – Junta de Educação Teológica do IRSE – Instituto Reformado Santo Evangelho.