A ONU está normalizando a pedofilia: o Deep State está livre para explorar seus filhos

Share

O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos está sancionando uma revolução sexual que culminará com a legalização e o apoio entusiasmado do transgenerismo, mas também apoiará a legalização da pedofilia. À medida que o Deep State está mais ativo em seu papel no “PedoGate”, podemos esperar mais contra-ataques, como a legalização da pedofilia.

Do The New American:

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas”, que conta com algumas das ditaduras mais implacáveis do mundo como membros, provocou uma indignação global na semana passada ao votar para nomear um czar da ONU para supervisionar a normalização do homossexualismo e do transgenerismo em todo o mundo.

(…) De acordo com o serviço de propaganda da ONU, o desacreditado “Conselho dos Direitos Humanos” da ONU debateu a medida por quase quatro horas em 30 de junho antes de adotar o esquema em uma disputa contenciosa. Apenas 23 governos e regimes membros votaram a favor da criação do novo czar, enquanto 18 votaram contra e seis se abstiveram. A medida foi adiada por uma rede de governos comunistas e socialistas bem unidos na América Latina, com vínculos estreitos com grupos terroristas marxistas, globalistas ocidentais, Moscou e Pequim. Vários governos europeus e outros membros do “Núcleo Duro do Grupo LGBT”, que incluem Obama e a União Européia, também tiveram um papel preponderante ao empurrar o esquema à partir de fora da provisão dos “Direitos Humanos” da ONU. “Pela primeira vez, trabalhar nesta questão [a normalização da homossexualidade e do transgenerismo] será efetivamente institucionalizada no Conselho de Direitos Humanos”, disse a ONU (…).

(…) comemorou como um “grande avanço para os direitos humanos nos Estados Unidos.” “As medidas que ele defendeu aqui — incluindo novas leis para proteger as pessoas contra a discriminação — são as mesmas medidas que hoje defendemos para os governos de todos os lugares.” Ironicamente , o mérito para o estuprador infantil chegou justo quando os exércitos da “paz” da ONU enfrentavam uma indignação global por violar de forma sistemática e explorar sexualmente crianças em todo o mundo.

Anos atrás, escrevi sobre o fato de que a NAMBLA estava defendendo a legalização da pedofilia. Você se importa de adivinhar quem é o maior contribuidor? Veja o seguinte:

[O maior contribuinte da NAMBLA é George Soros. O Partido Libertário apoia uma reforma da Era do Consentimento. Por favor, se instrua sobre isso.]

O que vem a seguir é um exemplo de como os acadêmicos falam sobre pedofilia. Em breve a prática, assim como transgêneros aterrorizando meninas em banheiros femininos, torna-se a norma.

“O interesse pedófilo é natural e normal para machos humanos”, afirmou a apresentação. “Pelo menos uma minoria considerável de homens normais gostaria de fazer sexo com crianças. (…) Os machos normais ficam excitados por crianças”.

Alguns artigos amarelados dos anos setenta ou início dos anos oitenta, era de celebridades abusivas e a infame PIE, o Paedophile Information Exchange (Troca de Informação Pedófila)? Não. Anônimos comentadores em algum site ilegal? De novo, não.

A declaração de que a pedofilia é “natural e normal” foi feita não há três décadas atrás, mas em julho [do ano] passado. Não foi feito em privado, mas como uma das reivindicações centrais de uma apresentação acadêmica entregue, a convite dos organizadores, a muitos dos principais especialistas da área em uma conferência realizada pela Universidade de Cambridge.

Outras apresentações incluíram “Liberar o pedófilo: uma análise discursiva” e “Perigo e diferença: as apostas da hebefilia”.

Hebefilia é a preferência sexual por crianças na puberdade precoce, tipicamente de 11 a 14 anos de idade.

A organização mais hedionda da América é a Nambla. Nambla é abreviação da North American Man-Boy Association (Associação Norte Americana do Amor entre Homens e Meninos), e sua declaração de identificação é “sexo antes dos 8, ou será muito tarde”.

Estamos a caminho de o país permitir e até mesmo incentivar o sexo com crianças. O último tabu está sendo eliminado.

Agora é tolerado que as criaturas com uma estrutura de cromossomo XY possam entrar em banheiros de menininhas, sob o pretexto de ser um transgênero e aterrorizar essas meninas ao estilo George Soros. Seu filho está prestes a se tornar parte de um mundo no qual está despreparado para viver.

Quanto tempo durará até que empregados que fazem sexo com crianças sejam protegidos com tanto ímpeto quanto a questão dos transgêneros nos banheiros? Não, isso não é hipérbole, é uma preocupação legítima. A Associação Norte Americana de Amor entre Homem e Menino (NAMBLA) começa a aparecer proeminente nesta imagem. No passado, uma das suas frases patenteadas era “sexo antes dos oito, ou será muito tarde”. Esta é uma tentativa óbvia de remover a última proibição pervertida do nosso código legal, bem como nossas defesas sociais para proteger nossos filhos. As palavras não podem descrever o quão doentes e pervertidas essas pessoas realmente são. E antes de você pensar que isso nunca poderia se tornar uma realidade, considere que o globalista, George Soros, dá dinheiro ao NAMBLA. Se isso não é suficientemente relevante para você, perceba que Kevin Jennings, um oficial do Departamento de Educação de Obama, e um amigo íntimo de Hillary Clinton também participaram desse grupo.

Impulsionar o gênero neutro e agregar a pedofilia dentro do arcabouço de proteção jurídica a homossexuais já está acontecendo. O New York Times afirma publicamente que a pedofilia não é um crime. A ACLU (União Americana Pelas Liberdades Civis) está defendendo ativamente a Nambla e simpatizantes de pedófilos.

 

 

NOTAS:

* Dave Hodges. “The UN Is Normalizing Pedophilia: The Deep State Is Free to Prey Upon Your Children”. The Common Sense Show, 14 de Junho de 2017.

 

 

Autor: Dave Hodges

Fonte: The Common Sense Show

Tradução: Cássia H.

Revisão: Patrícia Maragoni

Via: Tradutores de Direita

Leonardo Dâmaso
Leonardo Dâmaso
Mineiro, de Divinópolis. Criador e editor-chefe do Reformados 21. Servo de Cristo, músico, compositor, teólogo, escritor, apologista, tradutor e blogueiro. Faço parte da JET - Junta de Educação Teológica do IRSE - Instituto Reformado Santo Evangelho.