22 de Setembro – Enfrentando a Decepção com Satanás

Share

É da natureza de Satanás enganar. A Escritura diz que ele tem sido um mentiroso desde o início. Sua primeira aparição na Escritura é na forma de uma serpente. As credenciais desta criatura malévola são anunciadas em sua introdução: “Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo que o Senhor Deus havia feito” (Gênesis 3:1).

Essas palavras surgem como uma súbita intrusão em um relato glorioso do magnífico trabalho de Deus na criação. Com as palavras “Ora, a serpente”, toda a atmosfera do registro bíblico muda dramaticamente. Um súbito e ameaçador pressentimento surge na descrição. Um autor não inspirado de Gênesis 3 poderia ter apresentado o registro da queda dizendo: “Foi um dia sombrio e conturbado”. Mas este relato de fracasso previsto não conseguiu gerar o medo contido nas palavras “a serpente era a mais astuta”. Enganador. Malicioso. Sutil. Ardiloso. Estas são as qualificações descritivas que pintam o retrato bíblico de Satanás.

Na presença de Deus

Enganador. Astuto. Sutil. Malicioso. Como Satanás usa esses atributos contra você no campo da tentação pessoal?

Passagens para estudo adicional

Gênesis 3:1; 2 Coríntios 2:11; Apocalipse 12:9

Leonardo Dâmaso
Leonardo Dâmaso
Mineiro, de Divinópolis. Criador e editor-chefe do Reformados 21. Servo de Cristo, músico, compositor, teólogo, escritor, apologista, tradutor e blogueiro. Faço parte da JET - Junta de Educação Teológica do IRSE - Instituto Reformado Santo Evangelho.