Qual é o Problema Mais Fundamental de que o Evangelho Trata?

Share

Acaso o evangelho diz respeito fundamentalmente a satisfazer nossas necessidades? Atender ao nosso desejo de um significado para a vida? Ensinar-nos a viver vidas melhores? Ajudar os pobres? Fazer de nós pessoas ricas e saudáveis?

Todas essas ideias sobre o evangelho agarram-se a um problema percebido e dizem: “É sobre isso que o evangelho fala!”. Mas de fato é sobre alguma dessas coisas que o evangelho fala? Alguma dessas coisas é o problema fundamental de que o evangelho trata?

A Bíblia diz: “Não, nenhuma delas”. A Bíblia claramente ensina que o problema fundamental da humanidade é o nosso pecado e a ira de Deus contra nós por causa do nosso pecado.

A ira de Deus contra o nosso pecado é o problema fundamental de que o evangelho trata. Jesus morreu na cruz como uma propiciação, um sacrifício que desvia a ira de Deus (Rm 3.25; 1Jo 2.2, 4.10) a fim de que nós fôssemos salvos por meio da fé nele.

“Quem pode suportar a sua indignação? E quem subsistirá diante do furor da sua ira? A sua cólera se derrama como fogo, e as rochas são por ele demolidas”. (Na 1.6)

“A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça”. (Rm 1.18)

“Ninguém vos engane com palavras vãs; porque, por essas coisas, vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência”. (Ef 5.6)

“Os reis da terra, os grandes, os comandantes, os ricos, os poderosos e todo escravo e todo livre se esconderam nas cavernas e nos penhascos dos montes e disseram aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos da face daquele que se assenta no trono e da ira do Cordeiro, porque chegou o grande Dia da ira deles; e quem é que pode suster-se?” (Ap 6.15-17)

A ira de Deus contra o nosso pecado é o problema fundamental de que o evangelho trata. Jesus morreu na cruz como uma propiciação, um sacrifício que desvia a ira de Deus (Rm 3.25; 1Jo 2.2, 4.10) a fim de que nós fôssemos salvos por meio da fé nele.

 

 

Autor: Desconhecido

Fonte: 9Marks

Leonardo Dâmaso
Leonardo Dâmaso
Mineiro, de Divinópolis. Criador e editor-chefe do Reformados 21. Servo de Cristo, músico, compositor, teólogo, escritor, apologista, tradutor e bloqueiro. Faço parte da JET - Junta de Educação Teológica do IRSE - Instituto Reformado Santo Evangelho.